Eventos - Calendário, Eventos Públicos e Privados

JANEIRO

- Congresso da Primeira Infância
- Encontro Interestadual das Companhias de Santos Reis de Votuporanga

FEVEREIRO

- Corrida da Associação Votuporanguense de Atletismo (AVOA)
- Oba! Festival

MARÇO

- Abertura da temporada de Concertos da Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes (Dia Internacional da Mulher)
- Encenação da Via Sacra/Paixão de Cristo
- Mostra de Dança

ABRIL

- Caminhada campestre
- Literatura & Cinema

MAIO

- Concerto do Dia das Mães pela Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes Corrida Pedestre “Viva o Trabalhador”
- Corpus Christi

JUNHO

- Festival de balé
- Mostra de Teatro “Deco D´Antônio”

JULHO

- Congresso Internacional da Educação
- Festival Automobilístico de Arrancadas
- Festival de balé
- Semana da Diversidade

AGOSTO

- Bon Odori
- Camerata Villa-Lobos (Concerto a Dois Pianos)
- Concerto de Aniversário da Cidade pela Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes
- Desfile Cívico
- Exposição de Orquídeas
- Festival Literário de Votuporanga (FLIV)

SETEMBRO

- Associação Votuporanguense de Aeromodelismo (AVA Fest)
Gravidade Festival (Hip Hop)

OUTUBRO

- Caminhada campestre
- Literatura & artes plásticas

NOVEMBRO

- Apresentação do Ballet Municipal
- Semana da Música
- Semana da Consciência Negra

DEZEMBRO

- Concerto Sinfônico de Natal com a Orquestra Sinfônica e o Coral Canto Livre da Escola Municipal de Artes
- Festival de balé
- Festividades na Concha

*EVENTOS COM ABRANGÊNCIA INTERNACIONAL:

Congresso Internacional de Educação do Noroeste Paulista

O Congresso Internacional de Educação do Noroeste Paulista é um evento organizado para os professores, docentes, coordenadores, gestores escolares, gestores municipais da educação e demais profissionais da área, pertencentes ao ADE – Arranjo do Desenvolvimento da Educação do Noroeste Paulista, com sede em Votuporanga e composto por mais 47 municípios (Álvares Florence, Américo de Campos, Aspásia, Cardoso, Cosmorama, Dirce Reis, Dolcinópolis, Fernandópolis, Floreal, Gastão Vidigal, General Salgado, Indiaporã, Jales, Macedônia, Magda, Marinópolis, Meridiano, Mesópolis, Mira Estrela, Monções, Nhandeara , Nova Canaã Paulista, Nova Castilho, Nova Luzitânia, Olímpia, Ouroeste, Parisi, Pedranópolis, Pontalinda, Pontes Gestal, Populina, Riolândia, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, Santa Fé do Sul , Santa Rita D’Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, São João do Iracema, Sebastianópolis do Sul, Três Fronteiras, Tanabi, Turiúba, Urânia, Vitória Brasil) que buscam soluções em grupo, trabalham em rede, fazem trocas de experiências, colaborando entre si para superar os desafios em busca de uma Educação de qualidade para a sociedade.
O evento promove mesas-redondas compostas por professores, mestres e doutores que atuam em instituições de pesquisas do Brasil e exterior, abordando temas referente às tecnologias, debates com o público, minicursos com temas segmentados, oficinas de boas-práticas, etc.
Em sua última edição, foram registradas a presença de mais de 3 mil profissionais da área educacional e que atuam nos municípios que compreendem o ADE, onde estão matriculados mais de 80 mil alunos no ensino público.

OBA! Festival

Os blocos carnavalescos de Votuporanga eram independentes e indiretamente disputavam entre si, ter o maior número de foliões, o que certamente resultaria em mais lucros para os proprietários. Para isto, cada bloco contratava seu trio-elétrico com potentes sistemas de som, vendia abadás, que davam direito ao folião, a frequentar o “QG” (Quartel General) e participar do carnaval de rua com bebida grátis. De início, se organizaram e criaram a “Liga dos Trios”, que regulamentava a realização do carnaval.
O “Bloco Oba!”, surgiu em 2007, fruto da junção dos esforços dos proprietários dos blocos, com a missão de planejar e realizar os carnavais com melhor qualidade, já que unidos neste propósito, teriam maior poderio financeiro e possibilitaria contratar artistas renomados para animar o evento.
Por 8 edições, as atrações principais se apresentavam na avenida Ângelo Bimbato, em cima de um trio-elétrico, e por ser um evento de caráter particular com cobrança de entrada, o espaço era todo cercado e estruturado durante o período. A cada ano, o número de atrações e público foi aumentando, resultado do sucesso das edições anteriores, e já era previsível que o local seria limitado em relação à infraestrutura. A partir de 2015, o carnaval passou a ser realizado no Centro de Eventos “Helder Galera”. Além da logística ser privilegiada, o local disponibilizou ao público, praça de alimentação, serviço de buffet nos camarotes, tendo as atrações se apresentado em palco fixo. Com o aumento de atrações e público, assume o patamar e nome de “Oba! Festival”.
O festival sempre conta com atrações musicais nacionais e internacionais, e não se restringe apenas ao gênero de músicas carnavalescas, prestigiando outros estilos como: sertanejo, pagode, funk e música eletrônica. Dentre os artistas nacionais, se apresentaram no evento: A Zorra, Alexandre Peixe, Alok, Banda Eva, Bonde do Tigrão, Chiclete com Banana, Fernando & Sorocaba, Gusttavo Lima, Inimigos da HP, Ivete Sangalo, Jammil e Uma Noites, Jorge & Mateus, Jorge Ben Jor, Latino, Molejo, Monobloco, Mr. Catra, Munhoz & Mariano, Naldo, Tomate, Vintage Culture, Wesley Safadão etc.; e internacionais: Afrojack, Armin Van Buuren, Bob Sinclar, Dimitri Vegas & Like Mike, Hardwell, Kaskade, Steve Aoki, etc.
O sucesso do evento é notório, e é considerado o maior e melhor carnaval do estado de São Paulo, sendo sempre veiculado nos mais conceituados meios de mídia do país, com matérias publicadas no Portal Terra, G1, revista Veja, TV Tem, MTV, etc.
Durante os 4 dias de folia, o consumo de produtos e serviços gera resultados positivos na economia local. Todos os meios de hospedagem de Votuporanga e cidades vizinhas são ocupados, tendo as reservas esgotadas com meses de antecedência. A maioria dos foliões alugam casas e chácaras pelo período do carnaval. Frequentam estabelecimentos gastronômicos ou preferem cozinhar/churrasquear na casa ou chácara que locaram, optando por contratar pessoas para prestarem este serviço e desta forma, utilizam os supermercados, minimercados e mercearias para comprar os alimentos e bebidas. É comum contratarem serviço de segurança patrimonial pelos períodos que se ausentam do local, para cuidarem dos automóveis e de seus pertences. Durante a ida e vinda ao evento, se tornou hábito utilizarem serviços de táxis, moto-táxis e fretamento de vans, considerando ser a escolha mais inteligente e segura, pois muitos vão ao festival predispostos a fazerem consumo de bebida alcoólica.
Recebe público de diversas cidades e estados do país, inclusive de outros países, porém a grande maioria é de São Paulo capital e cidades do interior. Dos foliões, 80% são universitários que priorizam o bom atendimento, organização, atrações renomadas e segurança. Sendo que 94% tem entre 18 e 30 anos.

*EVENTOS COM ABRANGÊNCIA ESTADUAL:

Festival Literário de Votuporanga - FLIV

Realizada desde 2006, a tradicional Feira do Livro de Votuporanga, deu espaço, em 2011, ao Festival Literário de Votuporanga – FLIV, um evento multicultural que reúne em nove dias diversas atividades ligadas à literatura. O acesso é gratuito. A missão é promover o hábito à leitura, incentivando a população, desde a infância, com iniciativas que democratizem o acesso aos livros e à cultura.
O festival tem em sua programação nomes da literatura nacional, shows, oficinas, mesas de debate, capacitação para professores, encontro com autores, sessões de contação de histórias, comercialização e distribuição de livros para as crianças, além de espetáculos de teatro, dança e música.
Renomados escritores já passaram pelo FLIV, como Ignácio de Loyola Brandão (Patrono em 2012), Maurício Kubrusly, Marcia Tiburi, Ferréz, João Paulo Cuenca, Mário Prata, Lourenço Mutarelli, Marcelino Freire, Sergio Vaz, Humberto Wernek, Braulio Tavares, Francisco Bosco, Antônio Cícero, Andre Dahmer, Alexandra Moraes, Frederico Barbosa (Patrono em 2013), Paulo Lins (Patrono em 2014), Ronaldo Correia de Britto, Antônio Geraldo, Heitor Ferraz Mello (curador em 2014), Cristóvão Tezza, Alice Sant’Anna, Chacal, além de shows com Almir Sater, Fernanda Porto, Jair Rodrigues e Luciana Mello, Ed Motta, Toquinho e Tiê, Sergio Reis e Renato Teixeira, com o espetáculo Amizade Sincera; Biquini Cavadão, Chico Cesar, Orquestra Paulistana de Viola Caipira, Jorge Aragão e o grupo musical infantil Gangorra; entre outros.
A organização estima que na última edição, realizada em 2016, sendo pela primeira vez no Parque da Cultura, tenha passado pelos ambientes do FLIV, cerca de 80 mil pessoas, consolidando assim, como o maior evento literário do estado de São Paulo.
O evento é realizado através de parcerias entre Ministério da Cultura, Instituto Comuna, Prefeitura de Votuporanga e Governo do Estado, com patrocínios oficiais do Guaraná Antarctica e Elektro pela Lei de Incentivo à Cultura e Proac/SP – Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo. E os apoiadores Grupo HSA; Senac; Abaçaí Organização Social de Cultura; Poiesis –Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura; Projeto Ademar Guerra; OC Oficinas Culturais; Apaa – Associação Paulista dos Amigos da Arte; Sesc 70 anos; Unifev; Museu Casa de Cora Coralina; Media Lab/UFG; SP Leituras e SESI/SP. Promoção, TV TEM.

*EVENTOS COM ABRANGÊNCIA REGIONAL:

Virada Cultura Paulista

A Virada Cultural Paulista completa 10 anos de existência como um dos eventos culturais mais relevantes do interior e litoral de São Paulo. Nas nove edições realizadas até agora, o investimento do Governo do Estado promoveu mais de 7.100 atividades culturais, para mais de 10 milhões de pessoas. Votuporanga faz parte desse calendário recebendo anualmente a programação em 2 dias de evento atraindo visitantes da cidade e região. Com atrações musicais como Cézar e Paulinho, Trio Virgulino, Strike, Projota, além de espetáculos de teatro, dança, infantil e comédia stand-up.

Circuito SESC de Artes

O Circuito Sesc de Artes percorre em cidades do estado de São Paulo, oferecendo atividades culturais nas áreas de artes visuais, cinema, circo, dança, literatura, música e teatro. Votuporanga e mais 117 cidades receberam, em 2017, uma programação ocorridas em espaços como praças e parques. Entre os dias 28 de abril a 14 de maio, artistas dos mais variados gêneros e estilos ganharam o interior paulista. Foram artistas circenses com malabares, jogos cômicos, acrobáticos e de equilíbrio e dançarinos cheios de fôlego e gingado. Atores em espetáculos cativantes e escritores que desafiaram a nossa sensibilidade. Músicos que inspiraram poesia. Filmes que convidaram para um universo paralelo. Conectar pessoas, provocar os sentidos e despertar novas ideias em meio ao cotidiano das cidades foram as intenções dessa programação, gratuita e voltada para todas as idades.

Circuito Cultural Paulista

A missão de ampliar o acesso à cultura de forma descentralizada é o que move o Governo do Estado de São Paulo na manutenção do programa Circuito Cultural Paulista. Ao longo do ano, cada cidade parceira recebe um espetáculo por mês, de março a junho e de agosto a novembro, de forma a compor temporadas artísticas que movimentam a vida cultural dos mais de 100 municípios participantes, valorizando os teatros e centros culturais locais, além de espaços alternativos. A qualidade e a variedade dos espetáculos norteiam a programação do Circuito. Entre música, dança, circo, teatro adulto e programação infantil, o público tem acesso ao melhor do que está sendo produzido nos palcos de São Paulo e do Brasil – de nomes consagrados a criações experimentais. Aos artistas, o Circuito dá a chance de visitar várias regiões e de encontrar um público diversificado, aberto ao novo e ao diálogo entre as linguagens artísticas. Por tudo isso, o Circuito Cultural Paulista é um dos mais importantes programas de difusão cultural e de formação de plateias dentre os mantidos pela Secretaria da Cultura. Votuporanga comtemplou-se com espetáculos de teatro e shows musicais com os renomados Fernanda Montenegro, Suely Franco, Malvino Salvador, Umberto Magnani, Mariângela Zan, Zélia Duncan, Arnaldo Antunes, entre outros.

Encontro Interestadual das Companhias de Reis

O “Dia Municipal das Companhias de Reis”, instituído através da Lei municipal nº 5.653, de 26 de agosto de 2015, foi acrescentado ao calendário oficial de eventos do município, estabelecendo sua realização no último domingo do mês de janeiro.
O evento é organizado pelo Centro de Folclore e Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga, com apoio da equipe da Capela de Santos Reis e voluntários reunindo mais de 350 pessoas. Participam do Encontro Cias de Reis locais, regionais e até mesmo de outros estados.

*EVENTOS COM ABRANGÊNCIA LOCAL:

Primavera dos Museus

A Primavera dos Museus é uma temporada cultural coordenada pelo IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus, que acontece todo ano no início da estação homônima. A cada ano, o IBRAM escolhe um tema diferente para nortear as atividades dos museus. Tem como objetivo promover, divulgar e valorizar os museus brasileiros, aumentar o público visitante e intensificar a relação dos museus com a sociedade. O Museu Municipal “Edward Coruripe Costa” se insere neste calendário com atividades, tais como: visita guiada, exibições de vídeos, documentários e atrações musicais com a Corporação Musical “Zequinha de Abreu”.

Festival de Dança

O evento é organizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, realizado em diferentes locais, promovendo à comunidade, as diferentes manifestações da arte da dança, coreografias, figurinos e estilos musicais, através de projetos desenvolvidos nas escolas municipais, escolas particulares, companhias de dança e afins, inclusive com edições, tendo parcerias entre o SP Cia de Dança e o Fórum Internacional de Dança.

Festival Gastronômico de Outono de Votuporanga

O evento é realizado pelo Centro Universitário de Votuporanga – UNIFEV, em parceria com o Sindicato dos Empregados em Hotéis, Motéis, Restaurantes, Bares e Similares de Votuporanga e Região, e tem como objetivo promover o turismo, agregando como diferencial competitivo, a valorização da culinária local, através de um cardápio composto de pratos, que vão dos simples aos mais requintados.

Mostra de Teatro “Deco D’Antônio” de Votuporanga

O evento recebe o nome do artista plástico, carnavalesco e diretor teatral Deco D’Antônio, que movimentou a cena cultural votuporanguense nos anos 1990 e 2000, e é realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Turismo, em parceria com a SP Escola de Teatro, a Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa) e Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria de Estado da Cultura.
A Mostra atrai público regional e acontece desde 2010, incentivando o surgimento de novas companhias, dando oportunidade na divulgação de trabalhos e possibilidade de aprendizado, contribuindo para melhora técnica dos artistas e estudantes de teatro. É um evento gratuito que tem proporcionado espetáculos de qualidade, sendo estes, selecionados por uma curadoria composta por profissionais com experiência teatral.

Semana da Música

Anualmente em Votuporanga acontece a Semana da Música, no mês de novembro, com atrações gratuitas e participação de artistas da cidade e região que proporcionam verdadeiros shows para a população que prestigia o evento. Este evento é realizado no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, Escola Municipal de Artes “João Comachione (Oscarito)” e espaços ao ar livre, com participação das escolas municipais e da “Corporação Musical Zequinha de Abreu” e se justifica pela valorização do segmento musical de Votuporanga e também pela criação de um grande evento cultural que gera oportunidade aos artistas da cidade mostrar seus talentos.

Festival Natalino

Dezembro é um mês festivo para Votuporanga. A tradicional decoração, na área central e em algumas das principais avenidas, desperta o espírito natalino nas pessoas. Neste período, os estabelecimentos, que normalmente funcionam até às 18h, exceto em outras datas comemorativas, passam a funcionar até às 22h, coincidindo com o tempo livre da maioria das pessoas, inclusive da região, que aproveitam para fazer compras de fim de ano com a família no comércio, passear e também prestigiar espetáculos de segmentos diversificados que acontecem na praça, concha acústica e na rua Amazonas, principal rua da área central. Durante o horário das 18h às 22h, o trânsito de veículos é interrompido nas adjacências para maior segurança das pessoas, haja vista a grande quantidade de pedestres trafegando.