31/08/2022

11ª Mostra de Teatro "Deco D'Antônio" tem início neste sábado

Mais um evento tradicional volta a ser promovido; atrações seguem até o dia 11 de setembro no Centro de Convenções

A partir deste sábado (3/9), a Secretaria da Cultura e Turismo da Prefeitura de Votuporanga promove a 11ª Mostra de Teatro "Deco D'Antônio", mais um evento tradicional que volta a ser promovido neste momento de retomada do calendário de atrações culturais. As atrações seguirão até o dia 11 de setembro e serão todas promovidas no Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”.

Para abrir o evento, três companhias se apresentam no sábado, a partir das 20h, pela categoria Cenas Curtas, começando por Curvas da Vida, de Tati Mucci Produções; depois, Palavras Mágicas, da Cia. Teatro de Maria; e, para encerrar a noite, Deus Não tem Pressa, da companhia Coletivo Terceiro Ato, com classificação indicativa de 14 anos.

No domingo (4/9), também às 20h, pela categoria Espetáculo Teatral, a companhia Experiment'Ação Cênica apresenta Do Tártaro ao Olimpo, com classificação de 16 anos. A peça retrata histórias gregas.

Na terça-feira (6/9), ainda pela mesma categoria, alunos do projeto teatral do IFSP – Câmpus Votuporanga, que frequentam o 3º ano do curso técnico em Mecatrônica Integrado ao Ensino Médio, apresentam duas peças, Lisbela e o Prisioneiro, às 19h; e O Fim da Matéria, às 20h30.

Na quarta-feira (7/9), feriado do Dia da Independência, a Cia. Teatro de Maria apresenta, às 20h, Comunica Ação, uma peça que trabalha com narrativas familiares e trabalha sobre o tema da falta de comunicação.

Seguindo com a programação, na quinta-feira (8/9), também às 20h, a Abayomi Cia. de Teatro apresenta Dos Confins do Beleléu, que retrata o encontro de duas personagens do folclore brasileiro: o Saci e o Velho do Saco, com as cenas desenhadas por uma narrativa em versos de cordel.

Mariana Quer Dançar será a apresentação de sexta-feira (9/9), da companhia Lu Vespa Criações. Com classificação indicativa de 14 anos, a peça está marcada para iniciar às 20h, e conta, de forma poética, a história de três mulheres com o mesmo nome que gostam de dançar e são de épocas diferentes e que de alguma forma sofreram violência e abusos físicos ou psicológicos.

No sábado (10/9), Gigio Produções apresenta, às 20h, o monólogo Chico Xavier: O Mensageiro da Luz que pretende levar o público para dentro dos trabalhos de Chico, mostrando as emoções da psicografia daquele que foi considerado o maior médium do Brasil.

Para encerrar a Mostra de Teatro, no domingo, às 20h, o Coletivo Terceiro Ato fará nova apresentação: Quem vai descer no Poço? Uma dramaturgia realizada a partir do texto Os Bolsos Cheios de Pão.

Quem foi Deco D'Antônio
Emannuel Tadeu Camargo D'Antonio, mais conhecido como Deco D'Antônio, nasceu em Valparaíso/SP e mudou-se para Votuporanga aos 9 anos onde permaneceu até 19 anos, estudou e morou em Bauru e seguiu seu caminho para São Paulo onde mantinha uma oficina de Arte, produzindo cenários para teatro, decorações de festas para famílias nobres, alegorias de escolas de samba, vitrines, painéis e telas. Trabalhava como ator e também dirigia peças teatrais.

Retornou a Votuporanga em 1996 e assumiu a direção da Cia. Paulista de Anarquia e Arte "Das Tipas ao Coração" e com ela a montagem da peça Contos e Causos. No início de 2001 passou a lecionar como professor de teatro, se afastando por motivos de saúde pouco tempo depois até que faleceu em outubro daquele ano. Em suas obras de arte produzida na cidade, era notória preocupação em reutilizar materiais, tais quais como madeira, papéis, garrafas plásticas, entre outros. O público pode apreciar alguns trabalhos do artista que estão expostos no Museu Municipal Edward Coruripe Costa, localizado no Parque da Cultura.

Voltar