24/08/2022

Votuporanga recebe Circuito Sesc de Artes neste domingo

Programação será na Concha Acústica com início às 16 horas e contará com teatro, dança e circo, shows musicais, oficinas, intervenções, vivências, ações literárias, cinematográficas, de artes visuais e tecnologias

Votuporanga recebe, neste domingo (28/8), mais uma edição do Circuito Sesc de Artes, promovido pelo Sesc São Paulo em parceria com a Prefeitura. A programação terá início às 16 horas e será realizada na Concha Acústica. Entre as atrações que fazem parte da edição do evento na cidade constam teatro, dança e circo, shows musicais, oficinas, intervenções, vivências, ações literárias, cinematográficas, de artes visuais e tecnologias.

O evento é realizado em 118 municípios do Estado de São Paulo. Serão cerca de 85 ações artísticas e educativas em 14 roteiros que percorrem praças e parques durante três semanas, de 12 a 28 de agosto. A programação, para todas as idades e interesses, envolve mais de 500 profissionais das artes de diversos estados do Brasil.

Além de Votuporanga, também fizeram parte do roteiro do evento Jacareí, Paraibuna, Monteiro Lobato, Cabreúva, Morungaba, Várzea Paulista, Santa Fé do Sul e Mirassol.

O Circuito Sesc de Artes chega aos municípios que fazem parte da área de atuação de unidades do Sesc com ações artísticas que buscam provocar novas percepções, reflexões e vivências. Com o intuito de fomentar, fortalecer e ampliar o espaço de diálogo e convivência, o respeito e a transformação social, a edição 2022 do Circuito Sesc de Artes intensifica o olhar para toda a diversidade de pessoas.

Durante um dia em cada município, os artistas realizam os espetáculos, shows e oficinas nas praças e parques com o objetivo de estimular o uso dos espaços públicos como lugares fundamentais para o convívio social e a troca de experiências e aprendizados, favorecendo os encontros e os afetos em uma perspectiva do desenvolvimento humano por meio da arte e da cultura.

Programação do roteiro

O MudaLab (SP) leva o Roboíno Maker - A Robótica Divertida. Na atividade, os participantes pilotam robôs construídos com arduíno e controlados por celular, conhecem suas estruturas internas de robótica e os testam em um circuito, com semáforos, cancelas e outros obstáculos. A oficina tem o objetivo de desmistificar a programação e a robótica e apresentar seus conceitos básicos de maneira lúdica e divertida!

O espetáculo de circo Retirantes, da Trupe Baião de 2 (SP), se envereda pela cultura nordestina para contar a história de um sonhador casal de migrantes recém-chegado a uma nova terra. Os artistas demonstram força e equilíbrio em cenas com acrobacias, como a lira-percha e a manipulação de objetos. Maracatu, frevo e forró dão o tom dos números circenses e da dança.

Clarin Cia de Dança (SP) apresenta o espetáculo de dança OU 9 OU 80. Ele faz referência a dois acontecimentos violentos: nove mortes em Paraisópolis (São Paulo) e 80 tiros no carro de uma família em Guadalupe (Rio de Janeiro). A apresentação utiliza letras de funk para narrar as histórias e expõe as modificações dos movimentos do funk ao passinho.

O grupo êBA! (SP) une literatura e brincadeiras em Histórias na Palma da Mão. Por meio de uma leitura mediada, os artistas buscam criar um momento de vínculo afetivo e aproximar o leitor do livro. Além da leitura mediada, o grupo também propõe a leitura compartilhada e as demais formas de se contar uma história, com livros, corpos e vozes.

Em Livro de Uma Página, o escritor mineiro Daniel Viana e três poetas convidados (SP) apresentam ferramentas para compor micronarrativas que se transformam em um exemplar autoral. Os participantes são estimulados a criar poemas e contos a partir de seu repertório pessoal e recebem dicas para ilustrar seu minilivro.

Josyara, cantora, compositora e violonista de Juazeiro divide o palco com as Panteras Negras, banda instrumental composta de mulheres negras, em um show que retrata as mulheres, a negritude e o Nordeste. No repertório estão músicas criadas para este encontro e composições dos repertórios das Panteras Negras e de Josyara, que apresenta faixas do disco “Mansa Fúria”.

O Grupo Esparrama leva seu Esparrama Memória para viajar pelas ruas das cidades do estado. Os palhaços do grupo vagueiam pelo mundo carregando música, poesia e um guardador de memórias. Nessa caminhada errante, eles procuram por pessoas que queiram pausar o tempo para resgatar e trocar experiências, lembranças e afeto. 


Toda a programação, com endereços e horários, pode ser acessada no site do evento: www.sescsp.org.br

Serviço
Circuito Sesc de Artes 2022
Dia 28 de agosto - Votuporanga
Concha Acústica - Rua São Paulo, 4534 - Patrimônio Velho

Fotos do Sesc:
https://drive.google.com/drive/folders/1kP5yWoqKF0a4osctyfsBiL5nZ44jHY7n

Voltar