23/08/2022

Falta de chuva traz estado de atenção em Votuporanga

Em razão do rigoroso período de estiagem e chuvas fracas, Saev Ambiental alerta sobre a importância do uso consciente do recurso natural

Votuporanga está em estado de alerta em relação ao nível da Represa Municipal “Prefeito Luiz De Haro”, um dos pontos de abastecimento de água na cidade. Nem mesmo a chuva do início de agosto, considerada entre fraca e moderada, foi suficiente para aumentar o nível da Represa, localizada às margens do Horto Florestal. Por conta disso, a Saev Ambiental - Superintendência de Água, Esgotos e Meio Ambiente de Votuporanga faz um alerta à população sobre a importância do uso consciente de água.

Segundo medição realizada pela autarquia, a média do nível da Represa Municipal baixou de 3,6 metros, em janeiro deste ano, para 1,8 metro em julho, uma redução de 50%. Isso sem contar que o consumo de água subiu 3% se comparado de janeiro a julho deste ano, com o mesmo período do ano passado, o que representa no comparativo um aumento de 125,5 mil metros cúbicos de água. Este aumento tem como principal causa o desperdício de água.

O superintendente adjunto da Saev Ambiental, Gustavo Gallo Vilela, afirma que todas as ações para garantir o fornecimento de água para a população são realizadas, dentre elas, a eficiente interligação dos sistemas de poços profundos da Saev Ambiental. “A conjugação entre os poços Norte, Sul, Sudeste e o sistema central é essencial para que os moradores não sofram com a falta de água até o momento. Entretanto, não podemos sobrecarregar o sistema. Por isso, é importante que a população faça o uso consciente da água”, disse.

De acordo ainda com o superintendente adjunto da Autarquia, atitudes corriqueiras podem evitar o desperdício desse recurso natural, principalmente neste período de estiagem. Entre as dicas de uso consciente da água estão: tomar banhos mais curtos e, sempre que possível, fechar o chuveiro; ao escovar os dentes, lavar o rosto ou mãos, manter a torneira fechada; a descarga deve sempre ter sua válvula regulada; reutilizar a água que sai da máquina de lavar para fins não potáveis; não utilizar mangueira para lavar carros ou regar plantas e utilizar vassoura para limpar as calçadas ao invés de lavar com mangueira.



Falta de chuva traz estado de atenção em Votuporanga

Voltar