25/07/2022

Saev Ambiental recolhe 800 kg de materiais descartados irregularmente em áreas públicas

Mutirão de limpeza foi realizado pelas equipes da Autarquia e Polícia Ambiental nos bairros Matarazzo e Pró-Povo, em Votuporanga

As equipes da Saev Ambiental e a Polícia Ambiental, por meio da Atividade Delegada, realizaram na última quinta-feira (21/7) um mutirão de limpeza na área urbana que fica no bairro Matarazzo e na Área de Preservação Ambiental (APP) no bairro Pró-Povo. De acordo com o superintendente da Saev Ambiental, Antônio Alberto Casali, a ação foi necessária por conta da quantidade de materiais e resíduos que estavam descartados de forma irregular nestes dois espaços.

"No total, foram recolhidos 800 quilos entre materiais e resíduos, o que equivale a quatro caminhões de lixo”, afirmou o superintendente da Saev Ambiental. Pela manhã, no bairro Matarazzo, as equipes da Saev Ambiental recolheram 200 quilos entre entulhos, recicláveis, sobras de materiais de construção civil, galhos de podas de árvores, além de lixo orgânico.

Esta primeira etapa do mutirão foi acompanhada pelo chefe de setor de arborização da Saev Ambiental, Alison Dias Porto. “A população precisa ter consciência e responsabilidade para fazer o descarte correto destes materiais e resíduos. Nesta área urbana, no bairro Matarazzo, o lixo reciclável, que estava descartado ali, deveria ter sido levado ao Ecotudo. Temos três unidades do Ecotudo espalhadas por Votuporanga. E, claro, o lixo orgânico, que é o de residências, deveria ter sido descartado, em sacos plásticos de lixo, durante as coletas semanais de lixo”, disse.

Já à tarde, na área de preservação ambiental do bairro Pró-Povo, foram recolhidos 600 quilos de materiais e entulhos. A maioria entre papelões e garrafas PET e de vidro. De acordo com a bióloga Elizabeth Rodrigues Dias do Prado, que é chefe de divisão de Licenciamento Ambiental da Saev Ambiental, a triagem dos materiais recolhidos durante as duas ações do mutirão está sendo realizada no Ecotudo Oeste, onde serão separados e encaminhados para os destinos corretos. “Os recicláveis serão destinados para a Coopervinte e os demais materiais orgânicos terão os direcionamentos ambientalmente corretos”, afirmou a bióloga.

Vale ressaltar que o descarte irregular de lixo em vias públicas pode resultar em multa. Segundo a lei municipal nº 5.725, de dezembro de 2015, o responsável pelo descarte irregular de lixo receberá multa no valor de 1.703 Unidades Fiscais do Município (UFM), aproximadamente R$ 7,6 mil, e pode ser dobrada mediante reincidência.

Sobre o Ecotudo
O Ecotudo é um projeto pioneiro de coleta de resíduos domiciliares, criado pela Saev Ambiental com a Prefeitura de Votuporanga. O principal objetivo é evitar o descarte irregular de lixo em terrenos baldios, vias públicas e beira de córregos. Nas unidades do Ecotudo são recebidos resíduos sólidos, entulhos de construções, podas de árvores, óleo de cozinha, móveis, roupas, lixos eletrônicos, pneus, madeiras e vários outros resíduos domiciliares. Um dos fundadores das unidades do Ecotudo em Votuporanga é o geólogo Luiz Gustavo Gallo Vilela, atual superintendente adjunto da Saev Ambiental.

Confira os endereços das três unidades em Votuporanga:
Ecotudo Norte: avenida Sete, 2440, paralela à avenida Jerônimo Figueira da Costa no bairro Distrito Industrial I;
Ecotudo Sul: avenida Conde Francisco Matarazzo esquina com a avenida Francisco Bueno Baeza, no bairro Jardim das Palmeiras I;
Ecotudo Oeste: alto da vicinal Nelson Bolotário;
Os três Ecotudos funcionam das 7h às 19h, todos os dias da semana, inclusive aos finais de semana e feriados.



Limpeza de áreas de descarte irregular

Voltar