Digite mais de 2 letras para pesquisar.
Tiro de Guerra
Tamanho do Texto
A-
A+

Prefeitura fará solenidade pelo 9 de julho 

Solenidade em virtude da Revolução Constitucionalista será no dia 9 de julho, às 9h, no Centro Cívico Cultural “Vereador José Dirceu de Carvalho

A Prefeitura de Votuporanga convida toda a comunidade para participar da cerimônia Cívico-Militar em comemoração aos 86 anos da Revolução Constitucionalista de 1932. A solenidade será realizada no dia 9 de julho, às 9h, no Centro Cívico Cultural “Vereador José Dirceu de Carvalho”, junto à Concha Acústica. O Prefeito João Dado e demais autoridades do município participarão do ato. Haverá desfile da tropa dos atiradores do Tiro de Guerra 02-088. 

O evento comemora o feriado estadual do Dia da Revolução Constitucionalista e fará uma alusão especial aos votuporanguenses que lutaram em batalha armada pela queda da ditadura de Getúlio Vargas e em favor da convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte.

Atualmente, a Praça 9 de Julho já homenageia os combatentes em batalha armada, Alfredo R. Simões, Anibal Martins, Aziz José Abdo, Felicio Gorayeb, Felipe Munhos, Hernani de Mattos Nabuco, Judith Freitas S. Saltini, Leônidas Pereira de Almeida, Luiz Saltini, Ofélia Catelli Jabur, Narciso Pelegrini, Olívio Araújo e Nelciades de Oliveira, com um obelisco, inaugurado em 2010, pelo então prefeito Junior Marão. Os nomes estão inscritos numa placa, entronizada pelo prefeito Luiz Garcia De Haro, em 9 de julho de 1976 e especialmente homenageados em julho de 2017 pelo Prefeito João Dado com a reforma do obelisco e entronização de nova placa. 


Sobre o Dia da Revolução Constitucionalista

O Estado de São Paulo comemora o Dia da Revolução Constitucionalista em referência ao movimento armado da população paulista que veio à tona no dia 9 de julho de 1932, sob o comando dos generais Bertolo Klinger e Isidoro Dias.

Os paulistas reivindicavam a destituição do governo provisório de Getúlio Vargas, a realização de novas eleições presidenciais e a promulgação de uma nova constituição para o país.

A batalha teve seu desfecho no dia 2 de outubro de 1932, quando o exército de São Paulo foi vencido pelas tropas do governo de Vargas. No entanto, apesar de ter sido derrotada no campo de batalha, a Revolução atingiu seus objetivos políticos, já que fortaleceu a luta por uma nova constituição, que, por conta da pressão popular, acabou sendo promulgada por Vargas em 1934

Tamanho do Texto
A-
A+

Receba semanalmente as notícias desta seção.

Preencha corretamente suas informações! Os campos acima precisa de sua atenção.
Ops! O sistema não pôde atualizar o seu cadastro, por favor, tente novamente mais tarde.
Lamentamos não ter mais você com a gente! Se precisar pode voltar sempre.
Cadastro atualizado! Em breve você estará recebendo as newsletters selecionados.
OK
NOTÍCIAS RELACIONADAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Twitter
Facebook